Melhores navegadores da web para segurança e privacidade

Melhores navegadores da web para segurança e privacidade

Na Internet não se deve correr, mas sim andar... Muito calmamente, dê cada passo, para que nem uma única tábua do piso estale sob os pés. E não concorde com a coleta de cookies em hipótese alguma. Caso contrário, você será rastreado e assediado, assediado com publicidade direcionada e resultados de pesquisa relevantes. Claro, não é assustador… Mas pode levar a uma perda completa de privacidade, seguida de roubo de dados e até de fundos. E a razão para um resultado tão triste está no navegador errado para navegar na Internet.

Todo usuário que perambula pela World Wide Web, por mais que tente, ainda deixa rastros... Mas quem nos impede de caminhar corajosamente na Internet sem medo e sem medo de ser rastreado? Quem precisa dessas estampas? Afinal, este é um espaço virtual, livre de... privacidade!

Hoje em dia, a informação do usuário é valorizada pelo seu peso em ouro. Portanto, havia um monte de gente que queria espiar. E nem todos rastreiam suas ações por mera curiosidade. Afinal, há poucas pessoas entre os observadores, e há cada vez mais serviços e plataformas. Mas por que eles precisam desses dados?

Quem rouba informações confidenciais do usuário e como?

Você já ouviu o provérbio sobre queijo grátis em uma ratoeira? Na situação de privacidade que se desenvolveu na Web, os usuários estão no papel de ratos... Que, na sede de obter uma ferramenta para navegar na Internet gratuitamente, caem em uma armadilha. E fecha imediatamente após o usuário inserir a URL na barra de endereços do navegador. Neste ponto, sua privacidade online chega ao fim. Por que:

  • Ao visitar o site, uma pequena quantidade de dados é armazenada no dispositivo do usuário – cookies que contêm informações sobre a sessão. E na próxima visita, o usuário recebe uma versão personalizada da página web. Mas, na prática, junto com os novos cookies, o servidor pode enviar rastreadores de terceiros.
  • Os dados agregados acabam nas bases de dados das plataformas analíticas, que os vendem a terceiros. Na melhor das hipóteses, a informação cairá nas mãos da rede de publicidade, que a utiliza para direcionar os anúncios transmitidos. Na pior das hipóteses, para intrusos. Então você pode se tornar vítima de phishing e perder os atributos de pagamento dos cartões bancários... E, consequentemente, seu conteúdo.

E todos esses roubos de informações são cometidos com a ajuda de navegadores e com o consentimento tácito de seus desenvolvedores. Além disso, as próprias empresas que publicam este software lucram com a violação da privacidade do usuário. E eles também usam as estatísticas coletadas para seus próprios propósitos egoístas.

O navegador mais popular do mundo, o Chrome, é de propriedade do Google. Com sua ajuda, a empresa rastreia as ações dos usuários. As análises agregadas são usadas para segmentar anúncios veiculados por meio do AdWords, uma plataforma de publicidade contextual também de propriedade do Google.

É por isso que o mecanismo de pesquisa trabalha tanto em seu navegador, atualizando constantemente a funcionalidade do usuário. E não porque o Google ama a todos nós!

Chegou a era das impressões digitais

Nos últimos anos, mais e mais organizações sem fins lucrativos começaram a se manifestar contra cookies de terceiros. A sua utilização vai mesmo ser proibida a nível legislativo em alguns países europeus. Mas desta forma o problema da privacidade na Internet não será resolvido. Porque existe uma tecnologia nova e ainda mais moderna – a impressão digital. Eles fornecem 90% de precisão na identificação do usuário na Internet. Para fazer isso, as impressões digitais adotam uma abordagem abrangente. A definição de "personalidade" é realizada por uma variedade de atributos, cuja combinação forma um traço único e específico para um determinado usuário. Tais sinais incluem:

  • Características técnicas do dispositivo - software, sua taxa de bits, frequência de clock da CPU, quantidade de RAM, etc.
  • Configurações locais – idioma, fuso horário.
  • Dados do dispositivo enviados pelo navegador via User-Agent.

Como você pode ver, mesmo após a proibição do uso de cookies de terceiros, o problema da privacidade nos navegadores não será resolvido. Como a identificação do usuário na World Wide Web pode ser realizada com sucesso sem eles. E, neste caso, nem os serviços VPN nem os proxies ajudarão.

Esses serviços só permitem que você ignore o bloqueio e visualize sites proibidos em um determinado país. Nesse caso, apenas o IP do dispositivo é substituído, não podendo substituir os demais parâmetros que fazem parte da impressão digital.

Mas talvez existam navegadores que forneçam navegação mais anônima na Internet. Afinal, nem todos os editores de software buscam apenas interesses comerciais. Para descobrir, vamos mergulhar no mundo dos navegadores de Internet modernos e escolher os mais dignos entre eles.

Os navegadores mais confidenciais do nosso tempo

  1. Opera

Um navegador moderno originalmente publicado por uma organização sem fins lucrativos. O programa é implementado em versões para plataformas populares de desktop e móveis. A navegação confortável é garantida graças ao bloqueador de anúncios integrado, que aumenta a velocidade de download em mais de 90%. Além disso, o Opera inclui uma VPN simples que permite visitar qualquer site ou plataforma.

Mas, apesar da presença de várias ferramentas de privacidade na funcionalidade do navegador, ele não pode ser chamado de navegador da Internet mais seguro. Em 2016, a Opera foi adquirida por uma empresa chinesa de TI. Depois disso, o navegador começou a coletar ativamente dados impessoais sobre seus usuários. Ou seja, sem referência à identidade da pessoa.

  1. Firefox

A história do Firefox começou em 2002. O navegador mudou o motor várias vezes. Agora ele está usando Quantum. Ao contrário do Opera, este navegador coleta muito menos informações sobre os usuários.

Além disso, o Firefox inclui várias ferramentas para proteger a privacidade e os dados pessoais do usuário:

  • Bloqueador embutido de cookies de terceiros.
  • Proteção contra a reprodução automática de vídeos publicados em páginas da web.
  • Bloqueador de rastreador de rede social.

Mas ter essas ferramentas não garante uma navegação anônima. Além disso, o Firefox não possui uma VPN integrada. Portanto, você não pode usá-lo para visitar sites bloqueados.

  1. Brave

Um navegador relativamente jovem produzido por uma organização sem fins lucrativos. A primeira edição do programa foi lançada em 2016. Seu principal diferencial é uma clara ênfase na segurança do usuário. O navegador usa várias ferramentas para fornecê-lo:

  • Bloqueador de propagandas.
  • Modo incógnito.
  • Serviço VPN integrado.
  • Roteamento de rede anônimo.
  • Proteção contra impressão digital.

A funcionalidade dos recursos de segurança do Brave é muito mais ampla do que nos navegadores mencionados anteriormente. No entanto, mesmo esse arsenal não garante o anonimato completo da atividade do usuário na Internet.

  1. Tor

Uma das soluções mais poderosas para garantir o anonimato na Web. O navegador usa um mecanismo de transferência de dados não padrão. O Tor usa o chamado "roteamento de cebola". É um sistema de servidores proxy distribuídos através dos quais os dados são transmitidos de forma criptografada e sem salvar cookies. O que elimina completamente a possibilidade de rastrear as ações do usuário e sua identificação por meio de impressões digitais. Porque os sistemas de rastreamento não recebem informações suficientes para identificar a identidade do usuário.

Mas devido a várias transferências de dados, a velocidade da conexão com a Internet cai. O que é especialmente crítico ao usar uma conexão de rede móvel lenta. Como resultado, as páginas da web dos sites levarão muito tempo para carregar. Isso reduz a usabilidade do Tor para navegação diária na Internet.

  1. Epic

A primeira versão do navegador foi lançada em 2010. A Epic mudou de mecanismo várias vezes. Agora funciona com base no Chromium. Ele é implementado em versões para Windows, mac OS e Android. Recursos da Epic, que fornecem um alto nível de privacidade:

  • Armazenamento local do histórico de visitas ao site.
  • Limpeza automática de cookies.
  • Bloqueador de cookies de terceiros e rastreadores de publicidade.
  • Serviço de proxy integrado que suporta oito locais.
  • Suporte para um conjunto limitado de extensões de navegador.

A Epic está equipada com uma lista impressionante de ferramentas para proteger os dados do usuário. Mas não proporciona uma visita confortável aos sites devido à falta de possibilidade de uso de extensões. Além disso, a Epic não possui uma função de atualização automática. Portanto, a nova versão do programa é baixada manualmente pelo usuário.

  1. Ungoogled-chromium

Um navegador executado em um mecanismo Chromium puro sem vinculação aos serviços do Google. Isso garante que seus serviços de publicidade e análise não possam coletar dados sobre você quando você navegar nos sites.

Além disso, o navegador não salva o histórico de navegação e recebe atualizações diárias. Mas eles são carregados manualmente. Portanto, esta opção de software só pode ser considerada uma alternativa segura ao habitual para muitos usuários do Chrome.

  1. Undetectable

Um navegador antidetecção profissional que usa uma abordagem diferente para garantir a privacidade. Ao contrário de outros navegadores classificados, o Undetectable não bloqueia cookies e rastreadores de terceiros, mas realiza falsificação de impressão digital. Isso não apenas garante o anonimato completo das ações do usuário, mas também permite contornar todos os bloqueios. E também para realizar o acesso multiconta a qualquer site. Incluindo redes sociais, lojas online e serviços de apostas. Ao mesmo tempo, Undetectable fornece todas as funcionalidades necessárias para isso na versão gratuita do navegador. O que distingue o Undetectable de outros antidetects.

Antidetects are the key to complete anonymity

Nosso ranking mostra os navegadores que oferecem o mais alto nível de privacidade e segurança aos usuários. No entanto, cada um deles tem uma série de desvantagens que reduzem sua eficácia.

Os antidetecções usam um mecanismo de proteção diferente – substituindo as impressões digitais. Portanto, eles são desprovidos dessas falhas e são capazes não apenas de fornecer um alto nível de anonimato, mas também de passar por cima de qualquer tipo de bloqueio.

A única desvantagem dos navegadores anônimos é seu alto custo. Mas Undetectable é um dos poucos antidetecções profissionais com uma assinatura gratuita totalmente funcional. Portanto, a escolha é óbvia!